Descubra como poder ser fácil fazer a renovação do contrato de aluguel

renovação do contrato de aluguel
3 minutos para ler

Alugar o primeiro imóvel pode trazer algumas dúvidas, não é mesmo? Mas a renovação do contrato de aluguel pode trazer ainda mais, pois devido à importância de diferentes aspectos como os direitos e deveres, é possível evitar prejuízos e conseguir, inclusive, barganhar com o dono do imóvel.

Para que haja sucesso na renovação é importante entregar uma lista de documentos e também ficar atento à algumas questões de extrema relevância como reajustes, por exemplo. Por envolver alguns detalhes, esteja atento para que ninguém saia prejudicado.

Por isso, separamos neste artigo tudo o que você precisa saber para fazer sua renovação de contrato de aluguel de forma fácil! Então, continue a leitura!

Pontos que você deve se atentar na renovação do contrato de aluguel

Algumas questões são muito relevantes na hora de renovar o contrato e devem ser observadas tanto pelo inquilino quanto pela imobiliária. Veja quais são!

Reajuste de valores

O cálculo do reajuste deve ser feito de acordo com o que foi colocado previamente em contrato e, geralmente, leva em consideração IGPM, IPCA, FGV etc. Portanto, na hora de assinar o contrato, observe também se o valor do aluguel permanece o mesmo ou se houve alteração. Caso tenha mudado e você ache mais alto que o normal, é possível contestar e chegar num acordo, se ambas as partes estiverem dispostas a negociar.

Termos e cláusulas

Às vezes, os valores podem ser mantidos, no entanto, é possível que haja alteração nos termos e cláusulas contratuais. Assim, não esqueça de ler com atenção todas as folhas do contrato e fazer a comparação do documento antigo com o novo.

Documentos necessários para a preparação do aditivo contratual

Quando ambas as partes mostram interesse na renovação do contrato, é importante ter alguns documentos em mãos. Para que você esteja adiantado, lembre-se de separar:

  • comprovante de renda;
  • CPF e RG;
  • certificação de imóvel atualizada, caso haja fiador;
  • renovação do seguro fiança locatícia ou outro documento que possa servir como garantia de pagamento.

É possível ainda que o locatário peça uma vistoria no imóvel e, portanto, é necessário estar atento a esse ponto. Portanto, converse com o seu agente imobiliário para que ele esteja atualizado sobre tudo o que deve ser feito no trâmite de atualização.

É importante também lembrar que a renovação do contrato pode envolver uma negociação delicada e, por isso, para que haja um consenso sobre valores e cláusulas, é fundamental a contratação de uma imobiliária. Por meio de uma empresa com expertise no assunto, você poderá poupar tempo e ainda facilitar o processo de renovação, garantindo a satisfação de ambos lados.

Agora que você sabe como fazer a renovação do contrato de seu aluguel, lembre-se de seguir nossas dicas! Por isso, esteja atento às opções de renovação, reajuste de valores e caução, parâmetros para a devolução, vistoria e etc. Ademais, lembre-se de obter todos os documentos necessários para a preparação de seu aditivo contratual.

Gostou deste post? Aproveite para entender melhor por que vale a pena contar com o auxílio de uma imobiliária de confiança para ajudá-lo!

Você também pode gostar

Deixe um comentário