Home Equity: entenda a modalidade

Home Equity
5 minutos para ler

Existem diversos tipos de empréstimo no mercado, mas já pensou em contratar uma linha de crédito com taxas de juros mais baixas? Com o Home Equity, ou empréstimo com garantia de imóvel (CGI), isso é possível! Entenda como a modalidade funciona. 

Alternativa de empréstimo cada vez mais popular nos últimos tempos, o home equity tem se tornando um meio vantajoso ao público. Essa modalidade permite que a concessão seja feita com garantia de imóvel e tarifas de juros menores e prazos mais extensos. Mas, afinal, como funciona na prática? 

Continue lendo esse post para saber mais sobre: 

  • O que é Home Equity  
  • O que é alienação fiduciária 
  • Diferenças entre Home Equity e Hipoteca 
  • Quais as vantagens do Home Equity 
  • O que é preciso para fazer o Home Equity

O que é Home Equity 

Home Equity
Imagem por: redgreystock

Muito comum nos Estados Unidos e países da Europa, o Home Equity consiste em oferecer sua posse como garantia ao credor. A modalidade de crédito, que geralmente envolve fiadores e avalistas, ocorre por meio da cessão de um imóvel quitado. Acontece da seguinte maneira: uma pessoa ou empresa em busca de empréstimo oferece seu patrimônio, seja comercial ou residencial, como garantia.  

Dessa forma, instituição então se torna “dona” do imóvel durante o período da dívida ativa. Isso permite que a credora tenha mais segurança na operação e menor risco de inadimplência o que, por outro lado, viabiliza taxas menores e prazos de pagamento mais longos.  

Alienação fiduciária 

alienação fiduciária é o principal recurso utilizado no home equity, ou seja, quando uma pessoa solicita um crédito, para transmitir confiança, é feita a transferência de posse para o nome do credor.  

No registro de imóvel constará que a mudança de bem é concedida apenas até o pagamento da dívida. Em outras palavras, até lá, o financiado pode continuar utilizando o imóvel como desejar, inclusive, se ele for alugado para terceiros, e sem necessidade de desocupação dos moradores atuais.  

Home Equity X Hipoteca 

Imagem por: vectorjuice

Diferente do que muita gente acha, home equity e hipoteca não funcionam de maneira igual. Parece a mesma coisa, mas não é! Primeiramente, vamos aos fatos: apesar de ambos os empréstimos terem garantia de imóvel, o registro das duas é diferente. O home equity, como vimos acima, possui o respaldo da Lei de Alienação Fiduciária. Dessa forma, o nome do imóvel muda de proprietário temporariamente.  

Em contrapartida, na hipoteca, essa transferência de bem não é realizada. Portanto, o processo de empréstimo se torna mais demorado, burocrático e com taxas mais altas, pois risco que o credor tem de sofrer inadimplência é maior.  

Quais são as vantagens?  

Para quem contrata um empréstimo nessa modalidade, existem diversos benefícios. A principal vantagem são as taxas de juros e muito mais baixas que o comum, como em casos de cheque especial ou consignado. Isso acontece porque o risco de ações judiciais e descumprimento de contrato é menor.  

Fonte: Marcelo Prata, com informações do Banco Central e site Canal do Crédito | Infográfico: Gazeta do Povo

Além disso, as parcelas também são facilitadas de acordo com a necessidade de quem busca o empréstimo, podendo ter uma variação de 24 a 240 meses. Normalmente o seu valor não pode ultrapassar 30% da renda mensal.  

Nesse sentido, o home equity permite que qualquer pessoa física ou jurídica, independente de sua situação financeira, possa fazer o empréstimo.  

Outro benefício do home equity é que o financiado possui liberdade na escolha de como usar o dinheiro, como em investimentos de negócios, quitação de dívidas etc. Em outras modalidades é necessário destinar o capital obrigatoriamente para a finalidade estipulado no início do contrato, além disso, ele não precisa especificar para onde será direcionado o montante.

O que é preciso para fazer o Home Equity 

Imagem por: pch-vector

Por ser um processo sem burocracia, não é preciso de muito para conseguir o empréstimo. Confira as condições da Desenrola Home Equity:

  • Tipo de imóvel: casas e apartamentos pertencentes à pessoa física;
  • Valor do imóvel: Mínimo: R$170.000 | Máximo: R$8.000.000;
  • Comprometimento: Máximo 50% da renda incluindo o valor da prestação;
  • Prazo do empréstimo: Até 20 anos;
  • Composição de renda: Com cônjuge/ companheiro | Se o proponente for solteiro com qualquer pessoa;
  • Forma de garantia: Alienação Fiduciária do imóvel;
  • Valor do Empréstimo: Mínimo de R$30.000 | Máximo chegando até 60% do valor do imóvel.

Vale lembrar que, apesar de dar seu maior bem como garantia de imóvel, isso não significa perder o seu imóvel. Dessa forma, ao quitar a dívida de crédito, a posse volta para o seu nome.  

Gostou da proposta? Está pensando em fazer um empréstimo? A Desenrola Home Equity te ajuda! Antes de tudo, você pode simular gratuitamente o processo aqui e conquistar seu crédito em poucos minutos, sem burocracia ou enrolação. Confira! 

Você também pode gostar

Deixe um comentário