Aluguel direto com proprietário: quais são os riscos e desvantagens?

aluguel direto com proprietário
6 minutos para ler

Entender quais são os riscos e desvantagens do aluguel direto com proprietário pode evitar dores de cabeça ao saber como agir corretamente diante de uma situação como essa. São muitos os detalhes a serem considerados, tanto por locatários quanto pelos proprietários, para que a negociação não se torne um problema.

Para compreender mais a fundo o que estou apresentando, confira os direcionamentos que darei neste post. Você verá que é totalmente possível encontrar outras alternativas que não passem pelos riscos da negociação direta. Confira!

Desconhecimento da legislação

Você domina os pormenores legais envolvidos na locação de um imóvel? Caso não, para que se arriscar e gerar entraves que poderiam ser evitados com o devido conhecimento das leis que regem os termos de uma locação? Só assim é possível estar completamente certo de que os acordos estipulados não ferem nenhum direito e estão alinhados com os deveres de cada parte envolvida na negociação e prevista por lei.

Acordos verbais e contratos mal redigidos têm pouca ou nenhuma validade. Não vá por esse caminho e não se arrisque negociando diretamente com o proprietário ou inquilino. Contar com uma imobiliária, por exemplo, pode ser muito mais fácil e seguro do que negociar de forma tão incerta.

Pagar ou cobrar mais do que o valor de mercado

Como locatário, você pode acabar pagando mais do que o mercado cobra por um imóvel como aquele em que está quando se negocia diretamente com o proprietário. Da outra parte, pode acontecer também de cobrar um preço maior que o previsto e acabar tendo dores de cabeça com reajustes, caso o valor esteja realmente abusivo.

Nessas horas, o melhor a fazer é pesquisar o mercado. Conhecer bem os preços praticados na região em que a propriedade está e ver se o imóvel se adequa a esses valores. Caso não, mudanças precisarão ser feitas e possíveis desgastes interpessoais surgirem na relação entre proprietário e inquilino.

Mais uma vez, quando se tem o intermédio de uma imobiliária, essa situação se torna muito mais tranquila de ser resolvida. Com profissionais preparados para o diálogo e com todo o domínio sobre o mercado, você não fica à mercê de erros, muito menos ter que lidar diretamente com a outra parte e correr o risco de se complicar nesse processo.

Desgastar o relacionamento

Conforme começamos a adiantar no tópico acima, quando você não sabe exatamente o que está fazendo, corre um risco considerável de gerar problemas para si e para os outros. Isso desgasta a relação com o proprietário ou locatário, significando um problema a mais em sua vida.

Quando se age dentro dos parâmetros legais e de mercado, você evita esse tipo de estresse. Havendo alguém preparado para cuidar disso para você, a situação melhora ainda mais e se torna menos desgastante. Pense nisso antes de querer agir sozinho e avalie as demais soluções existentes no mercado imobiliário.

Não saber como fazer uma vistoria corretamente

Você sabe o que é uma vistoria de imóvel? Trata-se basicamente de uma visita técnica na qual são identificados todos os pontos fortes e fracos, assim como as demais características que definem a situação do seu imóvel. Ela costuma acontecer antes e depois que uma locação é feita e permite acompanhar como está o cuidado com o imóvel.

Tanto para o proprietário quanto para o locatário, essa visita é imprescindível. É por meio dela que se tem a garantia de que aquela propriedade está pronta para receber alguém, evitando assim dores de cabeça mais à frente.

Com o imóvel em plenas condições de ser alugado, fica muito mais fácil negociar com tranquilidade e obter os resultados desejados com isso. Corretores e demais profissionais do ramo imobiliário tem todo o know how para fazer a devida vistoria e você pode contar com ajuda de uma imobiliária para realizar isso corretamente.

Não ter clareza sobre garantias a serem estabelecidas

Em acordos verbais e contratos sem qualquer validade legal, fica difícil ter a tranquilidade de que as garantias previstas no aluguel serão cumpridas. Imagine, por exemplo, que você firme um acordo como esse e nele seja estipulado que o valor pago pelo serviço de internet estará embutido no aluguel.

Porém, num belo dia, o proprietário se esquece ou até por má-fé, faz-se de desentendido e começa a cobrar a locação à parte desse acordo. Uma situação como essa se torna bem difícil de contornar, não é mesmo? Isso pode fazer até que se entre na justiça contra a outra parte e faça da locação um verdadeiro desgaste para todos envolvidos.

Por isso, dominar os aspectos legais envolvidos em um contrato de locação pode fazer com que as garantias previstas sejam devidamente cumpridas. Conte com quem entende do assunto para não errar nisso.

Exagerar nas regras estipuladas

Por parte dos proprietários e, consequentemente, para os inquilinos, pode haver um exagero nas regras estipuladas para a utilização do imóvel. Por exemplo, digamos que você, como locatário, vá morar em um prédio onde é permitida a presença de pets, mas seu locador determina que não podem haver animais no imóvel.

Situações como essa geram dúvidas e incertezas sobre os limites e a liberdade a qual o locatário tem direito ao estar em uma propriedade. A única forma de evitar isso é realmente conhecendo as leis e demais acordos que regem um contrato de aluguel e relações entre proprietário e inquilino.

Lembre-se ainda que, caso não tenha um intermediário nessa relação, será necessário lidar diretamente com a outra parte. Dependendo da pessoa, isso pode significar discussões desnecessárias e desgastes que poderiam ser evitados contando com o auxílio de uma imobiliária. Por isso, aproveite essa facilidade que essas empresas oferecem para ter mais tranquilidade na hora de negociação.

Como pôde ver, é completamente possível encontrar alternativas melhor que o aluguel direto com proprietário ou mesmo o inquilino. Agora que tem as informações certas, conseguirá fazer isso de forma mais sábia, a fim de encontrar resultados satisfatórios para essa questão.

Se gostou de saber quais os riscos e desvantagens do aluguel direto com proprietário, entre em contato conosco agora mesmo e conheça novas soluções.

Você também pode gostar

Deixe um comentário